12ª Conferencia Latino-americana de Software Livre
Data e Local do Evento
14 a 16 de outubro de 2015 - Parque Tecnológico Itaipu - Foz do Iguaçu | Paraná | Brasil

Palestra apresenta a “internet das coisas” como possibilidade de empreendimento

  • admin

“O futuro já começou!”. Foi desta forma que Desiree dos Santos deu início à palestra “Internet das Coisas (Internet of Things – IoT)”, na tarde desta sexta-feira (17), na Latinoware. A palestrante apresentou os principais conceitos e mostrou como uma boa ideia, aliada a conhecimentos técnicos, pode gerar novos empreendimentos na área.

De acordo com dados apresentados na palestra, hoje existem mais objetos conectados à internet do que pessoas. O assunto vem sendo pesquisado há bastante tempo e foi no auge, em 1991, com Mark Waiser, que o conceito passou a tomar forma. “O termo ‘internet das coisas’, que veio da tradução de ‘internet of things’, é um nome que pegou, tem uma sacada de marketing. E, cada vez mais, as pessoas se interessam pelo tema”, disse a palestrante.

A internet das coisas consiste, basicamente, em objetos conecetados à internet, gerando ganho de tempo e facilidade para o dia a dia. “Na IoT dá-se inteligência para que essas coisas possam reagir sem interferência humana”, enfatizou Desiree, que acredita que o marco civil acabou acelerando o processo.

“Quando falamos em internet das coisas, uma boa ideia pode representar uma oportunidade no mercado. Atualmente, o Governo tem projetos que dão suportes a sturt-ups e pessoas que tenham ideias e queiram desenvolver na área. Temos uma série de segmentos em que podemos trabalhar, como cidades inteligentes, automação residencial e áreas como saúde e agrícola”, explicou.

Entre os diferenciais, para que os profissionais se destaquem na área, a palestrante reforçou que o mercado necessita de pessoas que dominem software e hardware. “O mercado está carente de profissionais que dominem as duas áreas. É bom ficar atento aos novos padrões que estão surgindo e sendo redefinidos”, destacou. Sobre os aspectos que merecem atenção, Desiree citou: a segurança, a privacidade e a infraestrutura para suportar os dados das “coisas”.

Os comentários estão desativados.

Apoio

logo_ifpr_foz2Protejaseusfilhosnic.cgiCoaltiudcanglojornallogo UTFPRlogo001